1/4

ODONTOLOGIA DIGITAL

No mundo moderno, a tecnologia digital está presente nos mais diversos setores, inclusive na odontologia e com isso temos a possibilidade de realizar vários tratamentos utilizando desta ferramenta.

 

Atualmente a busca pela estética é um dos principais fatores que levam o cliente a procurar serviços odontológicos de qualidade. A odontologia digital pode proporcionar um procedimento mais seguro, rápido e de melhor qualidade, podendo ainda oferecer ao cliente a possibilidade de saber como será seu futuro sorriso antes mesmo de começar o tratamento.

 

Não é só na parte estética que podemos lançar mão da tecnologia digital para uma reabilitação oral. Ao realizar tratamento com implantes dentários há a possibilidade de ser feito com o auxílio de um guia cirúrgico, produzido digitalmente, onde a colocação dos implantes se dá de maneira bem menos traumática que uma cirurgia convencional, não havendo necessidade de cortes ou suturas.

 

PASSO A PASSO PARA REALIZAR IMPLANTES UTILIZANDO TECNOLOGIA DIGITAL

 

Para o início do tratamento com implantes utilizando tecnologia digital, precisamos que o cliente realize primeiramente uma tomografia computadorizada, bem como o escaneamento intraoral da arcada dentária a ser reabilitada. Posteriormente inserimos os arquivos das imagens tomográficas (DICOM) e do escaneamento intraoral (STL), em um software específico para planejamento digital da cirurgia guiada dos implantes. A cirurgia é planejada no computador através deste software, onde se obtêm a melhor posição possível para os implantes a serem utilizados na reabilitação.

Uma vez realizado o planejamento dos implantes, um guia cirúrgico é confeccionado a fim de guiar as bocas de perfuração do osso para a inserção dos implantes. Com o guia cirúrgico em mãos, realiza-se a cirurgia sem a necessidade de cortes ou suturas, de maneira mais rápida e promovendo menor trauma que em relação a uma cirurgia tradicional, onde há a necessidade de abertura e exposição do osso para a colocação dos implantes.

 

Após a instalação dos implantes, faz-se uma moldagem para a confecção de provisórios que serão posicionados em até 48 horas sobre os implantes.

 

Ao término do período de osseointegração, tempo necessário para que o implante se una ao osso, ainda utilizando a tecnologia digital, é confeccionada a prótese definitiva sobre este implante. Todo o trabalho protético também é realizado através de software específico para a construção do novo dente através de uma fresadora, que é um equipamento que irá desgastar um bloco de porcelana ou zircônia após serem definidas no computador suas características. Isso possibilita uma prótese melhor adaptada onde raramente há a necessidade de ajuste da mesma quando parafusada ou cimentada sobre o implante.

 

                                     

 

                                       

                                       

                                       

Dr. Roberto Faris Junior - CROSP 53632